pequenos diálogos – gabriel

 

interior – noite (por volta das 19h30/20h) – essa cena toda não durou 5 minutos

estamos na sala. brincando no que chamamos de “colorido” – que nada mais é que um pedaço do ambiente coberto por tatame de eva colorido, onde ficam os brinquedos e a maioria das brincadeiras acontecem.

gabriel, milagrosamente, está concentrado. ele brinca com uma casa das chaves. pela primeira vez consegue abrir e fechar as portinhas coloridas com alguma facilidade. está tranquilo e cada vez mais focado em manter o sucesso da atividade abre-fecha/destranca-tranca.

estou deitada ao lado dele. minha cabeça apoiada numa almofada e meu corpo estendido a seu lado, relaxando. apenas o observo. não vejo necessidade de interagir, isso significaria tirá-lo do pequeno-mini-transe em que se encontra. ele está bem. não está entediado, nem jogando tempo fora. está apenas focado e isso é uma coisa nova pra mim e – provavelmente – pra ele.

eis que então, depois de alguns minutos de silêncio entre nós (e minutos são horas no microcosmos de uma criança de 3 anos), ele me diz em tom de conclusão, quase que junto com um suspiro:

– eu só tenho essa vida mamãe.

gabriel, meu pequeno grande filósofo. 3 anos e 6 meses, 03/março/2016

Um comentário em “pequenos diálogos – gabriel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s